Inicio  |  Competições  |  Resultados  |  Circulares  |  Comunicados      

CIRCULAR Nº 40
03 Jul 2017 Natação Pura
CIRCULAR Nº 39
22 Jun 2017 Natação Pura
CIRCULAR Nº 38
13 Jun 2017 Polo Aquático
CIRCULAR Nº 37
15 Mai 2017 Natação Pura
CIRCULAR Nº 36
10 Mai 2017 Natação Pura
Instituição - História da sua Fundação

Acta da fundação:

"Aos dezanove dias do mês de Agosto de 1930, nas salas do Ateneu Comercial de Lisboa, gentilmente cedidas pela sua Direcção, reuniram em sessão conjunta os Clubes filiados na Federação Portuguesa de Natação (Amador) e na Liga Portuguesa dos Amadores de Natação, a fim de se tratar da solução definitiva do chamado "conflito da natação" nas bases já apreciadas em separado por cada uma das entidades acima mencionadas, estando presentes os seguintes Clubs representados pelos delegados de que a seguir se dá descriminação:

Club Nacional de Natação pelos Srs João de Souza e Jaime Artur Roussado dos Santos; Paço d’Arcos Sports Club pelos Srs. Eduardo Ribeiro e José dos Santos Caeiro; Sporting Club de Portugal pelo Sr Jorge Saramago Simões; Clube Naval Barreirense pelo Sr. Carlos Canuto, Sport Lisboa e Benfica pelos Srs. António Soares de Campos Vieira e Manuel Pancada da Silveira; Gymnasio Club do Sul pelo Sr. Mário Rosa Ginga; Casa Pia Atlético Club pelos Srs Artur Carlos de Almeida e Anibal Cordeiro; Maria Pia Sport Club pelo Sr. Artur da Cunha Martins; Club Sportivo de Pedrouços pelos Srs Joel da Silva Pascoal e Luíz Alves Miguel; Sport Algés e Dafundo pelo Sr. António Basilio dos Santos Junior; Lisboa Gymnasio Club pelo Sr. Mário Jorge da Silva Rocha; Carcavelinhos Football Club pelos Srs. Jaime Franco e Inácio Ferro Mourão; Hockey Club de Portugal pelos Srs. Severino Freire e Manoel Cordeiro e Ateneu Comercial de Lisboa pelo Sr. João da Costa Barata.

Pelas 22 horas, foi pelo Sr. Álvaro de Souza, Presidente da Comissão mista que elaborou as bases de reconciliação, declarada aberta a sessão, tendo então este Sr. convidado o Sr. Joel da Silva Pascoal, delegado do Club Sportivo de Pedrouços, a presidir à mesma e a dirigir, consequentemente, os trabalhos.

O Sr. Joel da Silva Pascoal aceitou e agradeceu a honra que lhe deram em convidá-lo para desempenhar um cargo de tamanha responsibilidade e convidou, por sua vez, para secretariarem a Mesa, o Sr. Mário Jorge da Silva, delegado de Lisboa Gimnásio Club e o Sr. Anibal Cordeiro, delegado do Casa Pia Atlético Club.

Procedeu-se então à conferência de credênciais, apurando-se as presenças que acima vão descritas.

Pelo Sr. Presidente foi concedida a palavra ao Sr. Álvaro de Souza que, na sua qualidade de Presidente da Comissão Mista que elaborou as bases para a criação de um novo organismo federativo, agradeceu a todos as facilidades que lhe prestaram no decurso da sua espinhosa missão e a maneira alevantada como essas bases foram apreciadas. Continuando, o Sr.Álvaro de Souza diz que não era a pessoa indicada para presidir a um tão melindroso trabalho, porque é um leigo em assuntos de natação. (Não apoiados). Aceitou esse cargo confiado na imparcilidade e consciência dos seus colaboradores e não está arrependido porque, na realidade, só encontrou da parte desses senhores boa vontade, competência e elevação na discussão de todos os detalhes.

Passa-se em seguida à quarta parte da ordem dos trabalhos, sendo resolvido aprovar a fundação da Associação de Natação de Lisboa.

O Sr. Bazilio dos Santos, delegado do S.A.D., propõe que seja confiada à comissão que estabeleceu as bases da solução do conflito o encargo de elaborar os estatutos da Associação, proposta que foi aprovada por unanimidade e coroada com uma salva de palmas.

Procedeu-se depois à eleição dos corpos gerentes da Associação de Natação de Lisboa, tendo-se apurado os seguintes resultados:

Para a Mesa da Assembleia Geral:
Presidente- Ginásio Club Português – 14 votos
Vice-Presidente - Club Internacional de Football – 14 votos
1º Secretário – Club Naval de Lisboa – 14 votos
2º Secretário – Asilo Maria Pia Sports Club – 14 votos

Para a Direcção:
Presidente- Club Sportivo de Pedrouços – 14 votos
Vice-Presidente - Sporting Club de Portugal – 13 votos
Tesoureiro – Paço d’Arcos Sport Club – 11 votos
1º Secretário – Carcavelinhos Football Club – 11 votos
2º Secretário –Club Nacional de Natação– 10 votos
Vogal – Ateneu Comercial de Lisboa – 14 votos
Vogal – Casa Pia Atlético Club – 12 votos

Para o Conselho Fiscal:
Presidente – Club de Football "Os Belenenses" – 13 votos
Relatador – Sport Algés e Dafundo – 14 votos
Vogal – Grupo de Sport Adicense – 14 votos

O Sr. Jorge Simões, delegado do S.C.P. propõe um voto de agradecimeto ao Ateneu Comercial de Lisboa pela cedência da sala, o qual foi aprovado por unanimidade.

O Sr. Bazilio dos Santos Delegado do S.A.D propõe votos de louvor à imprensa pelo auxílio prestado à natação e à Mesa da Assembleia pela forma acertada como dirigiu os trabalhos.

O Sr. Presidente, antes de encerrar a sessão, marcou o acto de posse aos eleitos para o próximo dia 25 e, em seguida, não havendo mais nada a tratar, declarou encerrada a sessão pelas 0 horas 45 minutos do dia 20 de Agosto de 1930.

Presidente da Mesa – Joel da Silva Pascoal
Secretário – Mario Jorge da Silva Rocha
Secretário – Anibal Cordeiro



E assim nasceu a Associação de Natação de Lisboa.
Os seus Estatutos consideravam, no CAPÍTULO I- TÍTULO, SEDE e FINALIDADES:

Artigo 1º: A Associação de Natação de Lisboa (A.N.L) – organismo que em, 19 de Agosto de 1930, sucedeu a "Delegação de Lisboa da Liga Portuguesa dos Amadores de Natação" e ao "Núcleo de Lisboa da Federação Portuguesa de Natação (Amadores)" – tem sua sede em Lisboa e rege-se pelo presente Estatuto e respectivos regulamentos.


Artigo 2º: A A.N.L., filiada na Federação Portuguesa de Natação tem por objectivo:

a. Dirigir, regulamentar e difundir a prática da natação, nas suas várias modalidades, na área que pela Federação Portuguesa de Natação lhe for demarcada.

b. Promover os campeonatos regionais de water-polo e natação, bem como provas inter-clubes, regionais e inter-regionais.

c. Fiscalizar todas as provas extra-oficiais de natação e water-polo, que, por iniciativa de filiados seus, se realizem na área da sua jurisdição.

d. Criar e fortalecer relações com as outras associações regionais do país e organismos estrangeiros similares.

Hoje, com 80 anos de vida, muitos foram os momentos de gloria vividos por esta Associação Desportiva. Ao longo de todos estes anos, apenas a enorme paixão e vontade de servir a natação permitiu superar os períodos difíceis e fazer desta Associação de Natação o que ela é hoje.

Estamos longe dos conceitos e disponibilidades vividos em 1930, mas não poderemos de qualquer modo deixar de registar, com agrado, a evolução que a A.N.L., graças à dedicação e árduo trabalho de todos, tem vivido nos últimos anos.

Com 75 sócios desportivos (clubes), 29 dos quais com actividade regular de competição, e um total de 1338 atletas filiados, dos quais 1054 em natação pura, 256 em polo aquático e 28 em natação sincronizada, não pode esta Associação deixar de estar optimista em relação ao futuro da natação em particular e do desporto em geral.

voltar
Inicio | Competições | Resultados | Circulares | Contactos ]

Siga-nos no Google+
Onde partilhamos noticias e fotos da natação de Lisboa.

Resultados em direto
novo endereço:

anlisboa.info/live
TORNEIO INTERNACIONAL MASTERS
25 Jun 2017
Created by OutDigit Messages (0) Administration Powered by InternetSuite®